LOGO clara   HUMANAMENTE  |  PSICOLOGIA, PSICANÁLISE & FILOSOFIA

TEXTO DE APROFUNDAMENTO

 

A educação progressiva

cientDewey entende que a mente precisa ser cultivada, que ela está constantemente tentando estabelecer relações entre o que já foi vivido e as novas experiências pelas quais passamos. Logo, nós julgamos a importância das novas informações a partir do que já sabemos. O conhecimento prévio dos estudantes é percebido por Dewey como um ponto de partida fundamental para as novas aprendizagens.

Os interesses das crianças deveriam nortear a seleção dos conteúdos a serem integrados ao currículo escolar, pois se o estudante não vê nenhuma importância ou nenhum propósito em uma dada atividade, ele perde não apenas a disposição para envolver-se, mas também a capacidade de aprender algo com base nessa atividade. Assim, relevância, propósito e conexão entre os conteúdos escolares e a vida imediata dos estudantes são princípios pedagógicos defendidos por Dewey para que a escola seja de fato democrática e psicologicamente estimulante.

 

Alguns princípios da educação progressiva:

 

intereOs interesses das crianças são o ponto de partida do processo pedagógico. Dewey acredita profundamente que o currículo escolar, ou seja, a seleção dos conteúdos escolares deve ser concebida tendo como ponto de partida a criança, pois o conhecimento só tem valor se a criança se interessa em interagir com ele.

Nós não damos um bife a um bebê, dizia Dewey, não porque o bife não seja nutritivo, mas porque o bebê ainda não tem condições de consumi-lo. O mesmo ocorre com a informação, ela só tem valor educacional quando a criança está pronta para interagir com ela. Para Dewey, uma das melhores formas de a criança entrar em contato com o conhecimento é quando ela precisa encontrar respostas para suas próprias questões.

Existe uma distância entre a experiência desorganizada da criança e o conhecimento altamente organizado e abstrato do adulto. O papel do professor é justamente o de estabelecer uma relação de continuidade entre esses dois extremos, apresentando os conteúdos de acordo com os interesses e o nível de conhecimento e de experiência prévios da criança, mais ou menos como fazemos com sua dieta que vai se tornando cada vez mais complexa na medida em que a criança cresce e se torna mais capaz de digerir novos tipos de alimentos.

 

Os estudantes aprendem de forma ativa. Dewey reconhece que as crianças são naturalmente ativas. O ensino autoritário, portanto, atua contra a aprendizagem e a psicologia da criança, ou seja, ele desliga a mente da criança em vez de estimular sua “inventividade cognitiva”, expressão muito usada por Dewey. A atividade da criança já é naturalmente intensa, o papel da escola é dar direcionamento a essa atividade. Através do direcionamento e do uso organizado, essa atividade tende a trazer valiosos resultados de aprendizagem.

 

guiaO professor é um orientador, um guia, não uma figura autoritária. Cabe ao professor, na visão de Dewey, organizar situações nas quais as aprendizagens possam ocorrer. Em vez de dar instruções para a criança (faça isso e depois aquilo), deve-se estimular o estudante a investigar os procedimentos, questioná-los, entender a razão de ser da sequência dos procedimentos para que ele explore, descubra e entenda.

Além de ser um guia para o estudante, o professor também deve ser um observador. Ele deve observar como os interesses e impulsos da criança se relacionam sua forma particular de aprender. Esse conhecimento favorece o planejamento de novas situações de aprendizagem.

 

As atividades escolares devem focar preferencialmente na solução de problemas. Dewey afirmava que o viver precede o aprender, ou seja, nós não vivemos para aprender, nós aprendemos para que possamos viver melhor. A aprendizagem só faz sentido quando ela agrega qualidade ao viver, por isso, toda aprendizagem que não tenha relação com a solução de uma dificuldade ligada à vida real, parece uma aprendizagem inútil, logo, sem interesse. Solução de problemas deve ser parte integrante do currículo escolar, e deve ser uma forma de atrelar as dificuldades e dúvidas reais das crianças ao processo de aquisição do conhecimento.

 

microcosmoA escola é uma miniatura da sociedade. A nutrição e a reprodução são essenciais à vida biológica, já a educação é essencial à vida social. Vida social e educação não podem ser pensadas em separado, diz Dewey. A educação é o sangue que corre nas veias da sociedade, ou seja, ela dá sustentação e continuidade à vida social. Da mesma forma, é pela educação que as sociedades transmitem saberes, valores e práticas fundamentais aos mais jovens. Então, vida social e escola andam juntas. Contudo, os saberes, valores e práticas trabalhados pela escola não podem ser verdades imutáveis. Dewey acredita que as verdades são temporárias, elas precisam ser testadas constantemente e o que é verdadeiro em um contexto pode não ser em outro. Por isso, o currículo não pode ser inflexível, imutável e desconectado da vida social mais ampla. A escola, sendo um microcosmo da sociedade, deve estabelecer com ela uma relação de continuidade e retroalimentação. Dewey era contrário a currículos que não se renovam, testes de inteligência (QI), testes de aptidões e práticas pedagógicas autoritárias, por considerar que tais coisas servem apenas para preservar o status quo, deixar as coisas como estão, dificultando a marcha em direção a uma sociedade mais democrática.

 

-----------------------------------------------

Obras recomendadas:

“John Dewey”, de Robert B. Westbrook.
“The child and the curriculum”, de John Dewey.
“The Praeger Handbook of Education and Psychology”, volumes 1–4, de Joe Kincheloe e Raymond Horn Jr.
“An Introduction to the History of Psychology”, ed. 7, de B. Hergenhahn e T. Henley.

Apenas usuários cadastrados podem comentar
2 Comentários | Deixe o seu comentário
  • Eliane Luz Barroso de Barros

    Espetacular o site total!!! Amei!

    Parabéns!

    Curtir 0
  • Carolina

    Gostei muito dos vídeos e do site, muito bem explicado o assunto e as ilustrações são lindas!! :D Obrigada pelo conteúdo e parabéns pelo trabalho!! <3

    Curtir 0

LOGO

SOBRE O SITE  |  FALE CONOSCO

Copyright© 2016 - 2018 - Todos os direitos reservados.

The Best Bookmaker Betfair Review betfair cvisit from here.