LOGO clara   HUMANAMENTE  |  PSICOLOGIA, PSICANÁLISE & FILOSOFIA

TEXTO COMPLEMENTAR (ANTIGA APRESENTAÇÃO INTERATIVA)

 

Períodos desenvolvimentais

Piaget identificou que as formas pelas quais as pessoas interagem com o meio depende da maturidade de suas estruturas cognitivas, ou seja, dos recursos mentais dos quais elas dispõem para organizar as informações que conseguem obter enquanto exploram o mundo que as cerca. Uma criança pequena consegue lidar com essas informações de maneira muito diferente de um adulto, e Piaget mapeou todo o percurso que essa criança precisará percorrer para atingir a maturidade intelectual. Vamos ver um pequeno resumo sobre as diferentes etapas desse percurso?

 

PER1

Período sensório-motor (0 a 2 anos)

Nesse período, a criança é capaz de lidar com informações em um nível muito elementar. Ao interagir com um objeto, ela é capaz de sentir sua temperatura (quente ou fria), a textura de sua superfície (lisa ou áspera), a resistência do material (duro ou mole), se ele faz algum barulho, quais partes do objeto são fixas e quais ela consegue movimentar etc. Os esquemas da criança nesse período são constituídos essencialmente de informações sensoriais e motoras.

 

PER2Período pré-operacional (2 a 7 anos)

A evolução dos esquemas adquiridos no período anterior permite que agora eles ganhem uma dimensão simbólica, ou seja, a criança já é capaz de pensar e falar sobre coisas que não estão presentes, assim como é capaz de raciocinar sobre elas em uma lógica “toda sua” (egocêntrica), muitas vezes incompreensível ao adulto.

 

Período operatório-concreto (7 a 12 anos)

PER3

Nessa faixa etária, a criança consegue raciocinar sobre objetos e situações concretas (que ela consegue ver e manipular) de forma próxima a dos adultos. São capazes de perceber, por exemplo, que seus pontos de vista nem sempre são compartilhados por outras pessoas, embora tenham dificuldade em lidar com pontos de vista divergentes do seu e com informações que pareçam desmentir a aparência do real, ou seja, frequentemente deixam-se levar pelas aparências.

 

Período lógico-formal (a partir dos 12 anos)

PER4Nesse período, o pensamento do indivíduo já é capaz de operar plenamente sobre elementos abstratos, sem necessidade de vê-los ou manuseá-los. Conceitos abstratos como liberdade, honestidade, equidade já podem ser perfeitamente compreendidos, assim como pode ser exercitada muito da capacidade crítica do sujeito, ainda que seus valores tendam a estar presos àqueles do seu grupo social de referência (amigos e familiares). É possível captar com facilidade o sentido figurado das expressões, criar hipóteses (explicações) sobre fenômenos e testá-las.

-----------------------------------------

Obras recomendadas:

“Psychology of Learning for Instruction”, de Marcy P. Driscoll.
“Psicologia da aprendizagem: da teoria do condicionamento ao construtivismo”, de Nelson Piletti e Solange
Rossato.
"Learning Theory and Online Technologies", de L. Harassim.
"Jean Piaget", 3 ed., de T. Kesselring.
"Piaget: teoria e prática", 2. ed, de P. Richmond.

Apenas usuários cadastrados podem comentar
2 Comentários | Deixe o seu comentário
  • alessandra milanez

    Conheci vocês recentemente e adorei. Obrigada por compartilhar esse conhecimento :)

    Curtir 0
  • Géssica

    Adoro o canal de vocês! Muito didático, limpo, claro, objetivo! Parabéns! Grande trabalho!

    Curtir 0

LOGO

SOBRE O SITE  |  FALE CONOSCO

Copyright© 2016 - 2018 - Todos os direitos reservados.

The Best Bookmaker Betfair Review betfair cvisit from here.