LOGO clara   HUMANAMENTE  |  PSICOLOGIA, PSICANÁLISE & FILOSOFIA

A realidade fenomenológica

pensaA psicologia rogeriana trabalha do começo ao fim com as experiências subjetivas dos indivíduos. Segundo Rogers, essa experiência subjetiva é a base de todos os julgamentos e comportamentos individuais; é essa realidade interna, fenomenológica, em vez da realidade externa, objetiva, que exerce papel central no comportamento das pessoas.

O entendimento de que a nossa percepção da realidade é subjetiva é o princípio fundamental da fenomenologia. Para a abordagem fenomenológica, a única realidade da qual podemos ter certeza é a nossa própria experiência subjetiva de mundo, nossa percepção interna do que se passa ao redor. Rogers concorda com esse entendimento e afirma que a característica mais importante de nossa experiência de mundo é que ela é privada e só pode ser compreendida de forma completa por nós mesmos.

Essa experiência interna inclui tudo o que está se passando no organismo em um dado momento. Todas essas experiências, conscientes e inconscientes, constituem o que Rogers chama de campo fenomenal, nosso mundo privado. A experiência consciente é a parte do campo fenomenal que pode ser simbolizada, ou seja, pode ser descrita ou imaginada pela pessoa. Já a experiência inconsciente, ao contrário, é a parte do campo fenomenal da qual a pessoa não está ciente e, portanto, não pode ser traduzida em símbolos. Segundo Rogers, quanto mais psicologicamente saudáveis somos, mais estamos conscientes de nossas experiências, mais somos capazes de simbolizá-las de forma acurada e completa; quanto menos saudáveis, mais distorcemos ou reprimimos nossas experiências, tornando-nos menos capazes de simbolizá-las e senti-las de maneira precisa. Assim, Rogers considera que a mente consciente deve preponderar sobre a mente inconsciente para que se mantenha a saúde psíquica.

 

Tendência atualizadora (ou realizadora)

Em cada um de nós existe uma motivação inata à qual Rogers chama de tendência atualizadora. Um impulso ativo que nos conduz em direção à realização de nossos potenciais, e nos capacita a nos mantermos e nos aperfeiçoarmos. Como vimos no vídeo, essa tendência abarca dois tipos de necessidades: necessidades de manutenção e necessidades de aperfeiçoamento. Veja a figura abaixo:

fig

As necessidades de manutenção relacionam-se à satisfação de carências fisiológicas como fome, sede e segurança, mas também à busca da estabilidade psíquica manifesta pela rejeição da mudança e pela aceitação do status quo. Já as necessidades de aperfeiçoamento, em contraste com as anteriores, são aquelas que nos impulsionam ao crescimento, à aprendizagem e à busca da completude.

A teoria de Rogers confere especial relevo às necessidades de aperfeiçoamento presentes na tendência atualizadora. Em sua prática psicoterapêutica, ele percebeu que todos os seus pacientes tinham uma tendência para o crescimento, para a autorrealização, mesmo os pacientes mais problemáticos. Essa urgência por expansão, autonomia e desenvolvimento pode até ficar soterrada sob camadas e camadas de defesas psíquicas, mas ela existe em cada indivíduo e espera apenas pelas condições propícias para se libertar e se expressar. Rogers cita experimentos nos quais até mesmo ratos preferem ambientes que oferecem estímulos mais complexos a ambientes que oferecem estímulos menos complexos. De forma semelhante, os seres humanos buscam novas experiências e evitam ambientes pouco estimulantes.

Rogers entende que o ser humano é basicamente bom, que temos uma natureza essencialmente positiva. Logo, a tendência atualizadora é uma tendência construtiva; nós não nos impulsionamos em direção à autodestruição, a não ser em circunstâncias extremamente adversas. Se as circunstâncias forem saudáveis e encorajadoras, desenvolveremos nossa bondade inata.

Embora Rogers seja otimista em relação à natureza humana, ele está perfeitamente consciente de que às vezes as pessoas são imaturas e antissociais, e que podem agir baseadas em medo e ignorância. Contudo, tais comportamentos estão em desacordo com suas naturezas básicas e resultam de processos de socialização não saudáveis. Assim, a sociedade pode facilitar ou dificultar o movimento da tendência atualizadora.

É importante ressaltarmos que a tendência atualizadora não existe apenas nos humanos. Como foi visto no vídeo, os outros animais e as plantas também apresentam esse direcionamento para a realização de suas potencialidades, desde que as condições adequadas estejam presentes. Por exemplo, para que uma planta desenvolva todo seu potencial produtivo, ela precisa de água, luz solar e um solo fértil. Da mesma forma, o ser humano requer certas condições para que sua tendência atualizadora prospere. Segundo Rogers, tais condições seriam relações sociais nas quais estejam presentes a congruência ou autenticidade, a consideração positiva incondicional e a empatia. Quando as pessoas têm relações sociais nas quais elas podem ser elas mesmas (congruência), sentem-se aceitas incondicionalmente (consideração positiva incondicional) e percebem que seus pontos de vista são compreendidos pelos outros (empatia), o crescimento psicológico acontecerá inevitavelmente.

 

-------------------------------------------------------

Obras sugeridas:

“Theories of Personality”, 7th edition, de Jess Feist e Gregory Feist.

“Theories of Personality”, 9th edition, de Richard Ryckman.

“Theories of Personality”, 9th edition, de Duane P. Schultz e Sydney Ellen Schultz.

“Teorias da Personalidade: da teoria clássica à pesquisa moderna”, de Howard Friedman e Miriam Schustack.

“Personalidade: teoria e prática”, de Lawrence Pervin e Oliver John.

“Tornar-se Pessoa” de Carl Rogers.

Apenas usuários cadastrados podem comentar
7 Comentários | Deixe o seu comentário
  • CLEFERSON

    Gostaria de saber se vocês faz certificado para quem estudou ouvindo e vendo vídeos do canal?

    Curtir 0
  • Olá, Cleferson. Nós não oferecemos certificados.

    Curtir 0
  • Eduardo Andrade

    Bom dia Didatics. Ótimo vídeo como sempre. Espero que cresçam sempre. Parabéns.

    Curtir 0
  • andreia carla

    Obrigado pelo conteúdo e parabéns...;)

    Curtir 0
  • Michael

    Ótimo conteúdo e iniciativa! Parabéns pelo trabalho.

    Curtir 0
  • ELIZABETH JULIANO

    Olá, sou psicóloga clínica e minha linha de trabalho é norteada pelos conceitos da ACP. Atualmente estou construindo um blog no qual pretendo inserir sobre diversos temas da psicologia e entre eles sobre a ACP. Gostaria de saber se vocês me autorizam a utilizar o seu trabalho como referência no blog, claro, identificando o didatics.com.br como o canal que utilizei como uma das bases para os temas voltados para a ACP .
    Aguardo contato.
    Obrigada.
    O trabalho de vocês é excelente.

    Curtir 0
  • Deise Piro de Oliveira

    Estou estudando essa matéria, esse canal é muito esclarecedor.

    Curtir 0

LOGO

SOBRE O SITE  |  FALE CONOSCO

Copyright© 2016 - 2018 - Todos os direitos reservados.

The Best Bookmaker Betfair Review betfair cvisit from here.